Skip to Content

    Política de animais de serviço

    Tanto a política de animais de serviço da Lyft quanto a legislação exigem que os motoristas atendam passageiros com animais de serviço. Você pode ler as respostas para algumas perguntas frequentes (FAQ), ou assistir a um vídeo tutorial de três minutos para mais informações.
    Visão geral da página:

    Vídeo tutorial de três minutos

    Assista a este breve vídeo para saber mais sobre a política de animais de serviço da Lyft. Você encontra a transcrição do vídeo aqui.

    Política de animais de serviço: o que você precisa saber

    No que diz respeito ao transporte de passageiros com animais de serviço, os motoristas da plataforma Lyft devem lembrar de uma coisa: sempre digam sim. Você é obrigado por lei e pela política da Lyft a sempre transportar animais de serviço, mesmo se for alérgico, se tiver objeções religiosas ou culturais ou se tiver medo.
    Sabemos que animais de serviço podem levantar algumas questões para os motoristas da Lyft, mas são essenciais para muitas pessoas. Motoristas da Lyft como você estão numa posição privilegiada para ajudar passageiros com animais de serviço a se locomoverem facilmente em sua comunidade. Obrigado por levar isso a sério e por estar disponível quando as pessoas mais precisam das suas corridas.
    Para conselhos sobre como pegar uma corrida, confira nossas dicas de condução 5 estrelas na Central de Aprendizagem. Para acessar nossa Central de Aprendizagem no app do Motorista Lyft, abra o menu principal, toque em “Suporte e segurança” e depois em “Central de Aprendizagem”.

    Informações sobre a política e manuais para usuários

    Você pode baixar uma cópia da nossa política e das Perguntas Frequentes abaixo.
    Selecione o idioma de sua preferência para ver cada documento:

    Dúvidas mais frequentes dos motoristas

    O que é animal de serviço?

    Animais de serviço são animais de trabalho, não de estimação. Os animais de serviço passam por um treinamento rigoroso para ajudar pessoas com necessidades especiais. Eles ajudam as pessoas cegas a viajar, alertam as pessoas surdas sobre sons, protegem as pessoas que estão tendo uma convulsão e realizam muitas outras tarefas para ajudar quem tem necessidades especiais.
    Não é obrigatório que o animal de serviço tenha uma identificação na coleira, um colete ou que esteja registrado. Um passageiro com animal de serviço não precisa mostrar nenhuma comprovação de que o animal é um animal de serviço. Em outras palavras, se um passageiro com um cachorro alegar que trata-se de um animal de serviço, o motorista tem a obrigação de transportar o passageiro.

    Seus direitos como profissional autônomo

    Criamos o Lyft para pessoas que amam flexibilidade e liberdade, e nada mudou. Porém, até mesmo os trabalhadores autônomos têm que obedecer a lei. Por exemplo: é política da Lyft e exigência da lei que você e seus passageiros usam o cinto de segurança ao viajarem com o Lyft. Da mesma forma, é política da Lyft e exigência da lei que você transporte animais de serviço.

    Consequências de se recusar a levar um passageiro com um animal de serviço

    Se um motorista recusar um passageiro com um animal de serviço, o motorista poderá enfrentar desativação imediata e definitiva, caso uma investigação sobre a suposta recusa constate um motivo injusto.

    Como identificar um animal como animal de serviço legítimo

    A boa notícia é que são raros os casos de fraude com animais de serviço em nossa comunidade, o que expõe os passageiros ao risco de desativação.
    Mas, se quiser, você pode fazer duas perguntas aos passageiros que afirmarem que o animal é de serviço:
    1. O animal é necessário devido a uma deficiência?
    2. Qual serviço ou tarefa o animal foi treinado para realizar?
    Alguns passageiros utilizam animais de serviço por razões que não são óbvias, como epilepsia ou doenças cardíacas. Nem todos os animais de serviço usam etiquetas de identificação, e eles são de todas as formas e tamanhos. Por essas razões, é melhor transportar os animais descritos pelos passageiros como animais de serviço.
    Se você tiver alguma dúvida sobre nossa política, ou quiser denunciar um motorista que você suspeita estar infringindo as regras, entre em contato com o suporte da Lyft e com a Linha direta sobre animais de serviço depois que terminar a corrida.

    Informações para motoristas com animais de serviço

    De acordo com a política da Lyft, os motoristas têm o direito de dirigir com seus animais de serviço. Contudo, isso pode limitar o número de passageiros que você pode transportar, e alguns passageiros poderão sentir desconforto ou serem alérgicos ao seu animal de serviço e pedir que você cancele a solicitação. É aconselhável que você ligue para o passageiro com antecedência para avisar sobre o animal de serviço. Se ele não puder viajar com seu animal de serviço, você deve cancelar a corrida para que ele possa solicitar outro motorista. Dica: se a solicitação tiver vindo de perto, saia do Modo Motorista por um minuto para não receber a próxima solicitação do passageiro.
    Para comunicar uma violação da política de animal de serviço, ligue para 1-844-554-1297 ou selecione "Fale conosco" na parte inferior desta página.

    Transporte de animais de serviço em corridas Lyft Compartilhado

    Os passageiros que solicitarem uma corrida Lyft compartilhada devem estar cientes que estão mais propensos a viajar em um ambiente fechado com outra pessoa. Às vezes, isso significa encontrar com um animal do serviço, como pode acontecer em um elevador, avião, ou escritório pequeno.
    Se o passageiro tiver alergias ou objeções graves contra o animal de serviço, poderá pedir para solicitar outra corrida. Se necessário, você poderá cancelar a corrida do passageiro com o animal que não é de serviço, sem ser penalizado. Se tiver algum problema com o motorista ou problemas com a sua classificação, entre em contato com a Lyft pela Central de Ajuda e nós orientaremos você depois da corrida.

    O que fazer se não houver espaço em uma corrida compartilhada para um animal de serviço?

    Como os animais de serviço geralmente viajam aos pés dos donos, você não deve precisar de um assento extra. Caso seja preciso, descobrimos que os outros passageiros são compreensivos e dão espaço quando necessário.
    Observação: é raro que uma corrida compartilhada tenha espaço no mesmo instante em que você recebe uma solicitação de alguém com um animal de serviço. De forma geral, também é raro receber solicitações de corridas com um animal de serviço.

    Aceitação de passageiros com animais de serviço

    Se um passageiro estiver com um animal, você pode fazer duas perguntas:
    1. O animal é necessário devido a uma deficiência?
    2. Qual serviço ou tarefa o animal foi treinado para realizar?
    Se você fizer as duas perguntas acima e o passageiro disser que o animal não é um animal de serviço, você tem a opção de cancelar a corrida e informar ao suporte. Isso não afetará a sua classificação de cancelamento.
    Embora incentivemos você a levar todos os animais, os animais de apoio emocional não estão cobertos pela nossa Política de Animais de Serviço ou pela lei, então você não é obrigado a transportá-los.

    Qual é a melhor maneira de transportar um animal de serviço?

    Os passageiros devem ter permissão para levar seus animais de serviço sempre. Você não deve pedir que eles coloquem seus animais de serviço na parte de trás ou no porta-malas de um veículo.
    Muitos animais de serviço geralmente são treinados para andar nos veículos ou ficar sentados no chão do assento traseiro.
    Alguns motoristas gostam de carregar uma toalha ou um cobertor no veículo. Estes itens podem ser colocados em cima dos bancos para proteger o interior do veículo.

    Como comunicar um problema com animal de serviço

    Ligue para a hotline de animais de serviço no número 1-844-554-1297 e nós ajudaremos. Os passageiros e motoristas que preferirem comunicar um problema por escrito podem selecionar "Fale conosco" abaixo.
    Artigos relacionados

    Comunicar um problema com animal de serviço